Cuidados essenciais para prolongar a vida da sua prancha de bodyboard

5 dicas importantes para seu equipamento durar muito

Publicada em: 08/02/2021 10:21:30


A primeira prancha de bodyboard foi criada por um engenheiro americano, Tom Morey. Ele pode ser considerado um dos pais do esporte. O equipamento foi fabricado por conta própria com um pedaço de isopor cortado ao meio forrado com papel de jornal.

Apesar da precariedade, Tom teve uma sensação completamente diferente em toda sua vida e sabia que precisava disseminar essa descoberta. Dessa forma, começou a vender suas pranchas. A primeira foi para um vizinho por 10 dólares. E bastou algumas vendas para que o esporte se popularizasse. 

Assim, vemos a importância que o equipamento teve na disseminação da modalidade e a evolução que ela teve até chegar ao bodyboard que conhecemos hoje. Caso você seja uma dessas pessoas que têm este esporte como uma grande paixão, falamos sobre algumas dicas para cuidar bem da sua prancha e você poder praticar por muitos anos.  Vem ver!

 

1- Não use sua prancha para outras atividades

Um erro comum a ser cometido é utilizar sua prancha de bodyboard para sandboard (surf na areia). O atrito com a areia pode estragá-la e deixá-la inutilizável ao colocar na água. Por isso, caso queira tentar novos esportes, sempre busque qual o equipamento mais apropriado para aquela modalidade. 

 

2- Use a capa protetora

O armazenamento da sua prancha é extremamente importante, e a forma mais correta de fazê-lo é guardar o equipamento com a capa até o momento que ele será utilizado. As mais indicadas são as capas térmicas, já que as altas temperaturas e o efeito do Sol podem interferir no desempenho da sua prancha. 

 

3- Troque a parafina com frequência

Caso a parafina esteja muito suja ou escurecida, é importante que a camada antiga seja retirada e uma nova seja aplicada. Deve-se atentar também para a qualidade da parafina utilizada. 

 

4- Não utilize a prancha quebrada

Pode parecer óbvio, mas não é raro que as pessoas tentem reaproveitar um equipamento que já está quebrado, buscando evitar um novo investimento. A solução mais indicada neste caso é cobrir o trinco ou quebrado com fita adesiva prateada de forte aderência e buscar uma oficina especializada. 

 

5- Invista em pranchas de bodyboard de qualidade

O investimento em um equipamento de qualidade vale a pena. Caso você esteja pensando em economizar nesse momento, se lembre daquele ditado popular: o barato sai caro. E sai mesmo. Por isso, vale mais desembolsar um valor maior de início e poder aproveitar sua prancha por muitas ondas, sem precisar se preocupar com mais nada. 

 

Seguindo essas dicas, você pode ter a certeza e tranquilidade de que está cuidando da sua prancha de bodyboard da forma correta e que ela será sua aliada por muito tempo. 

Publicada em: 08/02/2021 10:21:30

Meio da Barra

domingo - 07/03/2021
VELOCIDADE
0.58 kts
DIREÇÃO

ÁGUA
19º
TEMPO
19º

SEJA PREMIUM

Tenha acesso a cameras exclusivas, conteúdos e ao nosso alerta de swell.

ASSINE JÁ